Sem categoria

Prioridades da vida financeira

Te convido para um desafio: pare tudo o que você está fazendo agora e tente lembrar quais foram as principais realizações da sua vida que, de alguma forma, envolveram dinheiro.

Muitas, não é mesmo? Colocar as finanças em ordem pode ser o primeiro passo para a realização dos seus grandes sonhos. Mas, você só conseguirá “organizar a casa”, se souber exatamente quais são as suas prioridades financeiras.

O que é estabelecer prioridades financeiras?

Estabelecer prioridades financeiras é decidir o que vai primeiro na hora de pagar contas ou para qual projeto você vai começar a poupar.

A forma mais fácil é saber diferenciar tudo aquilo que é urgente e inevitável, daquilo que é importante e valorizado por você.

A ideia é que, na hora de estabelecer as prioridades financeiras, você liste todas as suas atividades envolvendo dinheiro e faça para você mesmo a pergunta: isso é urgente? É importante?

É assim que você estabelece suas prioridades.

A importância da gestão financeira (em todas as áreas da vida)

Realizar uma gestão financeira eficiente também é fundamental para o crescimento dos seus negócios (caso você tenha uma empresa) e pode ser a chave para que uma organização seja bem ou mal sucedida.

Se você tem uma companhia, mas não está contente com os resultados que ela está alcançando, saiba que você pode melhorar e muito a saúde financeira do seu negócio corrigindo alguns erros que podem estar presentes na própria gestão.

Priorizar sua vida financeira te ajuda a manter o foco

Quando você consegue estabelecer suas maiores prioridades, é mais fácil não fazer dívidas e economizar para alcançar os tão sonhados objetivos estipulados em seu planejamento.

Estabeleça limites

É por meio de limites pessoais que você consegue economizar. Tendo uma estratégia traçada para alcançar um objetivo, você melhora até mesmo a administração básica da sua rotina.

Coloque todas as contas fixas na ponta do lápis

Pois bem, para começar, as contas fixas são as consideradas urgentes: afinal de contas, se você não fizer o pagamento como aluguel, luz, água e IPTU, você ficará sem algum elemento básico e essencial para você e sua família.

Elimine gastos desnecessários

Lembra que no começo desse artigo eu disse que era fundamental você se perguntar: “Mas isso é urgente?” “Isso é importante?” na hora de comprar alguma coisa?

Pois bem: tudo que entrou no quadro “não importante” ou “não urgente” deve ser cortado, pois não são gastos essenciais e indispensáveis.

E pode ser exatamente desse lugar que você vai encontrar dinheiro ou parte dele para alcançar suas metas.

E aí, gostou desse artigo? Conte para nós

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *